Páginas

Pesquisar este blog

09/03/21

 

'1ª decisão'

Sem Marinho, Santos inicia primeiro mata-mata com Holan na estreia em fase preliminar


Ivan Storti/Santos

Ariel Holan estreou com derrota no clássico e já encara primeiro confronto eliminatório pelo torneio continental

Menos de 40 dias após perder a final da Libertadores, o Santos inicia nesta terça-feira (9) nova participação na competição em um contexto bem diferente ao da decisão do fim de janeiro no Maracanã. Afinal, estará sob novo comando, com o elenco enfraquecido e sem a sua principal estrela quando entrar em campo para enfrentar o Deportivo Lara, às 19h15, na Vila Belmiro, no jogo de ida da segunda fase preliminar.

O confronto será apenas o segundo do técnico Ariel Holan à frente do Santos. E já tem caráter decisivo para o treinador argentino. Afinal, além de passar pelo clube venezuelano, o time precisará eliminar o vencedor da série entre Universidad de Chile e San Lorenzo para atingir a fase de grupos.

Essa longa caminhada é necessária porque o Santos foi apenas o oitavo colocado no Campeonato Brasileiro, o que o forçou a iniciar a sua campanha pelas etapas preliminares. E com um elenco que sofreu perdas na comparação com o vice-campeão da Libertadores de 2020, pois, além da saída de Cuca, negociou Diego Pituca e Lucas Veríssimo, que se transferiram para Kashima Antlers e Benfica, respectivamente.

Para este confronto, o atacante Marinho, principal responsável por conduzir o Santos à final da última Libertadores, será desfalque, pois ainda precisa recuperar o condicionamento físico após ficar afastado por ter contraído o coronavírus. E puxa a fila de desfalques do time, que também não pode contar com nomes importantes, como Pará, com Covid-19, e Kaio Jorge, lesionado, além de Laércio e Madson.

A dura derrota por 4 a 0 para o São Paulo, sábado (6), na estreia de Holan, com todos os gols saindo no segundo tempo, também levantou dúvidas sobre o Santos para a estreia na Libertadores. "No futebol, em seguida, você tem outras oportunidades. Terça-feira é uma partida distinta. Teremos o campo para jogar como pretendemos e fazer um bom jogo na Libertadores", disse Holan, esperançoso

Campeão chileno com a Universidad Católica, o treinador pode fazer alterações no sistema defensivo, com John e Luiz Felipe sob risco de perderem as vagas no sistema defensivo para João Paulo e Kaiky, respectivamente. E precisará decidir se escalará o time com um centroavante - Bruno Marques - ou mais uma peça no meio - Gabriel Pirani.

O Deportivo Lara passou por mudanças no seu elenco, agora cheio de opções das suas categorias de base. O time iniciará a sua temporada com a estreia na Libertadores, competição para a qual se classificou ao ser o terceiro colocado no último Campeonato Venezuelano, que ainda iniciará a sua próxima edição em 2021.

E o técnico Martín Brignani, que assumiu o comando da equipe em janeiro, sabe que o Deportivo Lara precisa de um bom resultado na Vila Belmiro, ainda mais porque não poderá atuar em casa no jogo de volta, na próxima semana, pois o duelo foi transferido pela Conmebol de Cabudaré para Caracas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário