Páginas

Pesquisar este blog

09/03/21

 

5 dicas para amenizar a acne e os efeitos causados por ela

Dermatologista explica que os cuidados começam de dentro para fora

Dermatologista explica que os cuidados começam de dentro para fora
Cuidados práticos podem evitar o surgimento de manchas e lesões - Pixabay/Joseph Mucira

Certamente, em algum momento da vida, você já se deparou com a acne. Em termos técnicos, essa pequena lesão provoca o aumento da produção de sebo vinda das glândulas sebáceas, obstruindo os poros e contribuindo para a proliferação de bactérias e micro-organismos na pele

Segundo o Departamento Científico de Dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o problema é frequente e atinge cerca de 80% dos adolescentes. Isso ocorre justamente pelo crescimento dos hormônios femininos e masculinos - os principais responsáveis pelo aumento de oleosidade, gerando espinhas e cravos.  

Pensando nisso, AnaMaria Digital conversou com a dermatofuncional Natália Ribeiro, fundadora da Mais Top Estética, e reuniu algumas dicas para diminuir os efeitos causados pela acne na pele, como manchas e lesões. Confira!

1. Tenha uma alimentação saudável  
Sabemos que é difícil ficar longe das frituras e guloseimas, mas para que o quadro não se agrave, é preciso evitar o excesso de oleosidade e açúcares no organismo. Isso porque, se consumidos excessivamente, podem aumentar a proliferação de bactérias, causando mais inflamação na pele. Opte por alimentos naturais, como abacate, brócolis, cenoura e espinafre. 

 2. Aposte em suplementos alimentares  
Caso você não esteja obtendo todos os nutrientes que o corpo necessita, existem suplementos alimentares capazes de auxiliar e potencializar o tratamento da acne. A dica é apostar em opções que contém zinco, vitamina E, vitamina B e vitamina C.   

3. Beba muita água!  
A água é uma grande aliada para renovação e desintoxicação da pele. É ela quem garante uma melhora na aparência e sustentação das fibras de colágeno, que precisam do H2O para funcionar adequadamente.

4. Use sabonete facial  
Lave o rosto duas vezes ao dia com o sabonete recomendado pelo seu dermatologista. Isso irá ajudar a diminuir a proliferação de fungos, bactérias, entre outros micro-organismos.  

5. Cutucar ou espremer? Jamais!  
Além de formar cicatrizes pelo rosto, o hábito de cutucar ou espremer espinhas acaba forçando o pus a sair, machucando a pele e deixando a área aberta para entrada de novas bactérias. Nesse caso, vale fazer compressas de água quente ou aplicar gelo na região afetada por cerca de 10 minutos. Assim, o inchaço e a vermelhidão irão diminuir naturalmente.

Conteúdo: Revista Ana Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário