Páginas

Pesquisar este blog

16/03/21

 




A FILA DE ESPERA POR UM BENEFÍCIO DO BOLSA FAMÍLIA CRESCEU COM A PANDEMIA, EM ESPECIAL COM O FIM DO AUXÍLIO EMERGENCIAL. DE ACORDO COM DADOS DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, AO FIM DO ANO PASSADO, MAIS DE DOIS MILHÕES 146 MIL SOLICITAÇÕES ESTAVAM PENDENTES.  EM SETEMBRO DO ANO PASSADO, OU SEJA, TRÊS MESES ANTES, ESTE NÚMERO ERA DE MENOS DE UM MILHÃO.  A MAIOR PARTE DOS PEDIDOS DE BOLSA FAMÍLIA VEM DA REGIÃO SUDESTE, QUASE 850 MIL, SEGUIDO PELA REGIÃO NORDESTE, APROXIMADAMENTE 700 MIL. O GOVERNO JÁ INFORMOU QUE PLANEJA REFORMULAR O PROGRAMA ESTE ANO.  HOJE, DE ACORDO COM O MINISTÉRIO DA CIDADANIA, MAIS DE 14 MILHÕES DE FAMÍLIAS DEPENDEM DO BENEFÍCIO. O PROGRAMA É VOLTADO PARA FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE EXTREMA POBREZA.  O VALOR DO BENEFÍCIO É CALCULADO DE ACORDO COM O TAMANHO DA FAMÍLIA E VAI DE 89 REAIS A APROXIMADAMENTE 300 REAIS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário