Páginas

Pesquisar este blog

15/03/21

'Chego com experiência, mas querem juventude': desemprego entre mais velhos dispara com pandemia

 

  • Laís Alegretti -
  • Da BBC News Brasil em Londres

Alberto Gobato
Legenda da foto,

Alberto Gobato Filho trabalhou por 35 anos em uma empresa têxtil, onde entrou como auxiliar de almoxarifado e saiu como gerente de compras

A foto informal de um homem de 58 anos, concentrado no notebook, na mesa da sala de casa, acompanhado por uma cadelinha, chamou atenção na rede social onde geralmente aparecem os engravatados. Foram mais de 110 mil reações em menos de uma semana.

A autora da postagem chamava atenção para o fato de o pai dela estar, às 22h, dedicado a um processo seletivo — o primeiro que ele conseguiu ingressar nos últimos dois anos e meio, ela escreveu.

"Não sei se ele vai conseguir passar, estou torcendo muito! Afinal, ele tem 58 anos e sabemos como o mercado é competitivo e tem baixas oportunidades para essa faixa etária, mas a vaga do meu coração ele já preencheu!", escreveu Flávia Gobato no LinkedIn.

O pai fotografado é Alberto Gobato Filho, de 58 anos. Ele passou 35 anos trabalhando em uma empresa têxtil, onde entrou como auxiliar de almoxarifado, aos 18 anos, e saiu como gerente de compras. Ele chegou a trabalhar por períodos mais curtos em outras duas empresas, mas agora procura recolocação no mercado.

O sucesso da postagem reflete uma busca que hoje é comum para mais famílias. Do fim de 2019 até o fim de 2020, mais 400 mil brasileiros com idades a partir de 50 anos passaram a ser desempregados, segundo dados oficiais.

fonte:www.bbc.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário