Páginas

Pesquisar este blog

02/03/21

 MÉDICO É ESPANCADO COM CHUTES E SOCOS POR DEFENDER LOCKDOWN

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas

Foto: Reprodução

Infectologista José Eduardo Panini relatou em suas redes sociais que foi agredido após alertar sobre os riscos em momento crítico pandemia no Paraná
Rodrigo Castro/Revista Época
O infectologista José Eduardo Panini afirmou ter sido agredido por conhecidos após alertar sobre os riscos do estágio crítico da pandemia no Brasil. Em suas redes sociais, o médico relatou que recebeu "chutes e socos" na última sexta (26) pouco depois de uma reunião para determinar o que seria fechado conforme decreto que prevê a suspensão de atividades não essenciais no Paraná.
"Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos, enquanto um me segurava o outro me agredia. Enfim pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está!", publicou Panini em seu Instagram junto a uma foto em que exibe os ferimentos no rosto.
O governo paranaense anunciou na sexta o fechamento dos serviços não essenciais até o dia 8 de março. O decreto também proibiu a circulação de pessoas em espaços públicos entre 20h e 5h. As medidas foram tomadas após em razão do aumento expressivo de casos de Covid-19 no estado e da alta ocupação de leitos de UTI da rede pública, acima de 90%.
Em seu post, o médico ainda disse que, apesar da agressão, ele não desanima e continua defendendo as medidas de restrição no combate à pandemia. Panini também valorizou as vacinas e mostrou apoio aos profissionais da saúde em meio ao pior momento da crise sanitária no país.
Ele disse:
Na sexta-feira, após horas de reunião pra determinar o que seria ou não fechado, baseado num Decreto do Estado do Paraná. Já deixo claro, que baseado nos números não há mais nada a que fazer, senão as coisas só piorarão. Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos, enquanto um me segurava o outro me agredia. Enfim pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está! O desânimo não vem! E junto com eles temos muita coisa boa, progresso, vacinas e tudo que vai fazer sairmos dessa pandemia! E aos trabalhadores da saúde muita força!

Nenhum comentário:

Postar um comentário