Páginas

Pesquisar este blog

11/03/21

 

Médico que matou amante de overdose durante sexo oral é condenado a pagar indenização de R$ 200 mil

Por: Fernando Moreira 
Andreas Niederbichler
Andreas Niederbichler Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um médico alemão que matou a sua amante de overdose de cocaína durante sexo oral foi condenado nesta semana a pagar uma multa de o equivalente a R$ 200 mil ao viúvo e ao filho da vítima.

Em 2019, Andreas Niederbichler havia sido condenado a 9 anos de prisão por ter omitido à amante, Yvonne M, que havia posto cocaína sobre o pênis antes do sexo oral. No julgamento, o médico garantiu que a amante sabia do uso da droga na relação sexual.

Niederbichler, de 45 anos, foi comparado ao personagem principal do filme "50 tons de cinza", Christian Grey, depois que detalhes de sua vida sexual foram revelados em julgamento em Magdeburgo (Alemanha), de acordo com reportagem do "Sun".

Após a morte, descobriu-se que o médico havia injetado cocaína em pelo menos três outras mulheres para torná-las mais compatíveis sexualmente.

A cabeleireira Yvonne, 38, era uma ex-paciente que teve um caso de longa data com o cirurgião e confiava totalmente nele, de acordo com o tribunal.

Um amigo da vítima testemunhou que "Yvonne queria deixar o marido pelo Dr. Niederbichler. Ele era como Christian Grey de Cinquenta Tons de Cinza para ela".

fonte:extra.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário