Páginas

Pesquisar este blog

25/04/21

 

Com o cabelo curto e cacheado, Maria Helena Chira, de ‘Ti ti ti’, questiona padrões de beleza: ‘Autenticidade’

Por: Zean Bravo 
Maria Helena Chira
Maria Helena Chira Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Afastada das novelas desde “Sangue bom” (2013), Maria Helena Chira pode ser vista novamente na reprise de “Ti ti ti” (2010/11), no “Vale a pena ver de novo”, da Globo. Na história, ela interpreta Camila, uma patricinha fútil e consumista, que é filha de Rebeca (Christiane Torloni) e noiva de Edgar (Caio Castro). “Após ‘Ti ti ti’, estive em outras duas novelas, ‘Cheias de charme’ (2012) e ‘Sangue bom’. E, logo depois, engravidei do meu primeiro filho. O retorno ao trabalho para as mães não é tão simples. Isso me fez focar no teatro, que poderia fazer em São Paulo, perto dele. Agora me sinto pronta para retornar ao audiovisual”.

Camila (Maria Helena Chira) e Edgar (Caio Castro) em ‘Ti ti ti’

Camila (Maria Helena Chira) e Edgar (Caio Castro) em ‘Ti ti ti’ Foto: Zé Paulo Cardeal/Rede Globo/Divulgação


Foto: Zé Paulo Cardeal/Rede Globo/Divulgação

Maria Helena começou na TV na série “Som & fúria” (2009) e rapidamente estreou nas novelas em “Ti ti ti”. “O retorno da trama me pegou de surpresa e me deu uma alegria imensa. Esse trabalho tem uma importância enorme para mim”.

Atualmente com os cabelos curtos e cacheados, a atriz surgia na novela — que retratava o universo da moda — com os fios muito louros e alisados. Ela usa agora seu perfil no Instagram para questionar certos padrões de beleza e comportamento. “Pensei em como poderia falar dessa novela que rolou há dez anos. Venho vivendo um processo interno especial com a chegada da maternidade. E ele passa pelo lugar de me reconhecer, ser mais livre, entender a minha autenticidade. Daí surgiu a ideia de trocar no Instagram sobre a Camila e o padrão que ela representa. E como isso já me representou e hoje não faz mais parte da minha vida. E isso vai de usar salto alto, passando por alisar o cabelo, até questões amorosas”.

A atriz comemora as mudanças nesta última década: “A Camila era uma mulher que tinha como meta casar. Agora os tempos são outros, né? Já sabemos que casamento é algo a ser repensado na sua estrutura e intenção. Isso é libertador”.

Siga-me no Twitter @zeanbravo e no Instagram @zean.bravo

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário