Páginas

Pesquisar este blog

21/05/21

 

Praticante de balé e tecido acrobático, a atriz Debora Ozório conta como se preparou para entrar na novela ‘Gênesis’

Por: Zean Bravo 
A atriz Debora Ozório
A atriz Debora Ozório Foto: Sergio Baia /Divulgação

Foto: Sergio Baia /Divulgação

Elogiada pelo desempenho na série “Filhas de Eva”, do Globoplay, Debora Ozório interpreta agora a ambiciosa Tamires, uma das filhas de Ló (Emilio Orciollo Netto), na novela “Gênesis”, da Record. “Tivemos aulas de história para saber os costumes da época”, conta a atriz, de 24 anos, que também pratica balé e tecido acrobático. Na entrevista a seguir, ela detalha a preparação que fez para seu novo papel.

Como você define a sua personagem em "Gênesis"?

A minha personagem é menina ambiciosa, que passou por muita coisa na infância. Quando ela e sua família se estabeleceram em Sodoma, numa outra cultura, eles começam a ter ainda mais ambições. A Tamires tem uma parceria muito grande com a sua irmã, que influencia bastante na vida dela. Ela é uma menina que não tem seus valores muito bem definidos.

Que tipo de preparação você fez para viver a personagem?

Fizemos leituras, encontros com outros atores, tivemos aula de história para saber os costumes, o que tinha acontecido naquela época sobre as cidades. E foi muito interessante gravar dentro de uma caverna. Iniciamos as gravações pelas últimas cenas, que foi dentro dessa caverna em São Paulo. Foi incrível.

O que foi mais desafiante para você neste novo trabalho?

O desafio é entender o comportamento, estamos falando de outra época, né? Então, é muito de entender o comportamento de como eram os relacionamentos, a forma de se portar. Como comer, sentar-se e até a forma de falar. E, sem dúvida, gravar dentro de uma caverna foi outro grande desafio. Por uma questão de logística foi muito delicado. Foi um dia inteiro e intenso. Mas isso termina sendo ainda mais enriquecedor para a minha personagem e para mim, como atriz.

Cena da série ‘Filhas de Eva’ com Analu Prestes, Renata Sorrah, Vanessa Giácomo, Debora Ozório e Giovanna Antonelli
Cena da série ‘Filhas de Eva’ com Analu Prestes, Renata Sorrah, Vanessa Giáco
mo, Debora Ozório e Giovanna Antonelli Foto: Estevam Avellar/Rede Globo/Divulgação

Foto: Estevam Avellar/Rede Globo/Divulgação

A sua participação na série "Filhas de Eva" foi muito elogiada. O que a Dora representa na sua carreira?

A minha personagem em “Filha de Eva” – Dora – foi um baita de um presente, não consigo nem mensurar. Conheci pessoas maravilhosas, que ficaram na minha vida. Sem dúvida é um personagem e um trabalho que guardo com muito carinho. Foi muito especial, aprendi muita coisa.

Você também pratica balé e tecido acrobático, não é? O que mais costuma fazer quando não está trabalhando?

Sim. Adoro! Essas são as duas atividades que escolhi dar continuidade neste momento de pandemia. Eu sempre fiz atividade física, amo. Gosto de renovar as modalidades. Quando vejo que já aprendi uma e que posso praticar sozinha, troco por outra, para aprender mais uma coisa (risos). E faço isso sempre pensado na profissão, em algo que vai me agregar, entende? Para ser mais versátil. Faço atividade física com prazer. Mas confesso que a dança é a que mais gosto.

Siga-me no Twitter @zeanbravo e no Instagram @zean.bravo

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário