Páginas

Pesquisar este blog

03/05/21

Preço do leite sobe 2,3% em abril

Pode ser uma imagem de animal

Valor chegou depois de ter acumulado uma queda de 10,7% no primeiro trimestre do ano
O preço do leite captado em março e pago aos produtores em abril subiu 2,3% na Média Brasil líquida, o valor chegou depois de ter acumulado uma queda de 10,7% no primeiro trimestre do ano. O número é recorde para um mês de abril e supera em 28,4% o registrado no mesmo período de 2020.
Segundo pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Universidade de São Paulo (USP), a inversão na tendência do preço se deve a um cenário de oferta limitada de leite no campo. Normalmente, há uma redução no volume de chuvas a partir de março e, consequentemente, menor disponibilidade de pastagens, o que prejudica a alimentação do rebanho e a produção de leite.
Assim, o avanço da entressafra da produção leiteira se torna um fator de desequilíbrio entre oferta e demanda, o que leva a uma elevação de preços entre março e agosto. Porém, apesar de haver uma tendência de retomada dos preços do leite no campo, essa valorização deve acontecer de forma moderada.
Reportagem, Poliana Fontenele

Nenhum comentário:

Postar um comentário