Páginas

Pesquisar este blog


26/08/21

Polícia Civil desarticula associação criminosa e recupera equipamentos furtados de usina sucroalcooleira

Pode ser uma imagem de texto que diz "POLÍCIA CIVIL POLÍCIA SAO PAULO CIVIL DEINTER 8 DELPOL MUN. JUNQUEIROPOLIS RE304 304 一"

Foto: Polícia Civil

Dois funcionários da empresa, em Junqueirópolis, confessaram o crime. Antenas transmissoras de GPS e módulos de máquinas colheitadeiras foram encontrados.
Por G1 Presidente Prudente
A Operação Red River da Polícia Civil desarticulou uma organização criminosa especializada em furto de equipamentos transmissores de GPS e módulos de máquinas colheitadeiras, que eram utilizados em uma usina sucroalcooleira, em Junqueirópolis (SP). A ação, realizada nesta terça-feira (24), recuperou os objetos que haviam sido furtados.
As investigações tiveram início em março deste ano, ocasião em que foram constatados dois furtos destes tipos de equipamentos em uma usina de álcool no município. Cada antena transmissora está avaliada em R$ 97 mil.
Durante as investigações, os policiais conseguiriam identificar que imagens de uma das antenas de transmissão furtadas estavam circulando em grupos de redes sociais. Com o cruzamento das informações, foram identificados dois funcionários da usina, que ao serem interrogados, confessaram o crime.
A operação também apurou que um empresário de Sertãozinho (SP), que também possui lojas de retíficas de peças em Ribeirão Preto (SP), poderia estar na posse dos equipamentos.
Foi então solicitada à Justiça a concessão de dois mandados de busca e apreensão aos endereços identificados. As equipes de policiais civis foram para as referidas cidades, onde cumpriram as ordens judiciais e conseguiriam recuperar os objetos subtraídos.
Como não houve flagrante, os três suspeitos foram interrogados e indiciados e responderão em liberdade pelos delitos de furto, receptação qualificada e associação criminosa.
Os objetos recuperados, duas antenas e três módulos, serão restituídos à empresa vítima.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário