Páginas

Pesquisar este blog


24/08/21

 

Rodrigo Lombardi fala sobre retorno de 'Verdades Secretas': 'Caiu no gosto do público'

Novela escrita por Walcyr Carrasco, está de volta nesta terça-feira, dia 24

Rodrigo Lombardi
Rodrigo Lombardi - 
Rodrigo Lombardi vive um momento especial na TV. Nesta terça-feira, dia 24, após ir ao ar como um dos jurados de "The Masked Singer Brasil", o ator estará de volta na pele de Alexandre Ticiano em "Verdades Secretas", um dos mais importantes trabalhos de sua carreira.
"Alex foi um personagem importante na minha carreira e num sentido mais pessoal também. Como eu vinha de uma série de heróis, receber um personagem tão controverso foi maravilhoso, mesmo que ele tenha caído no gosto do público. Muita gente torcia pelo casal Alex e Angel", conta o ator, referindo-se a personagem vivida por Camila Queiroz.
A química com o elenco e toda a equipe da trama de Walcyr Carrasco também foi fundamental para o sucesso do trabalho segundo Rodrigo. "Contracenar com a Camila foi uma grata surpresa, ela estava muito entregue e confiou nas pessoas que estavam à sua volta. A Drica Moraes é uma atriz muito acima da média, um gênio, foi incrível estar ao lado dela. Toda a equipe me proporcionou dar o meu melhor, tínhamos diretores incríveis e um autor que escreveu muito bem a obra, o que torna tudo mais fácil para se trabalhar", conclui.
Logo no início da história, Alex se envolve com Angel, uma das modelos da agência de Fanny (Marieta Severo) que desfila para sua principal grife. Mas ela se decepciona quando percebe que ele não é o tipo de pessoa que imaginava. Mais para frente, obcecado pelo sentimento que a jovem desperta nele, Alex decide conquistar mãe de Angel, Carolina (Drica Moraes), unicamente com o intuito de estar próximo dela. Dessa relação surge um arriscado triângulo amoroso. Rodrigo conta que tentava não julgar as atitudes do personagem enquanto o interpretava. "Acredito que o ator tem a função de executar as cenas mesmo que as atitudes do personagem vão contra a sua linha de raciocínio, a sua moral. É um trabalho que não cabe julgar, cabe ao ator apenas decidir a forma como ele vai conduzir o trabalho", defende. Em entrevista, Rodrigo relembra mais sobre o trabalho na trama, os bastidores, e a repercussão com o público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário