Páginas

Pesquisar este blog


26/08/21

Funcionário do DER morre vítima de incêndio em vegetação às margens da Rodovia Júlio Budiski

Pode ser uma imagem de ao ar livre

— Foto: Cedida/Cido Oliveira

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o trabalhador inalou fumaça tóxica, desmaiou no local e foi carbonizado, na tarde desta quarta-feira (25), em Flora Rica (SP).
Por Carlos Volpi, TV Fronteira, e G1 Presidente Prudente
Um funcionário do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) morreu vítima de um incêndio em vegetação em uma propriedade rural às margens da Rodovia Júlio Budiski (SP-501), em Flora Rica (SP), na tarde desta quarta-feira (25).
De acordo com as informações da Polícia Militar Rodoviária, o trabalhador, identificado como Marcos Desidério de Souza, de 53 anos, realizava a manutenção no acostamento da rodovia e, ao avistar o incêndio nas imediações, foi prestar apoio ao combate às chamas com uma pá carregadeira de cabine fechada juntamente com mais dois funcionários do DER.
No entanto, o homem inalou a fumaça tóxica decorrente do incêndio, desmaiou no local e foi carbonizado, no trecho que fica na altura do km 74 da rodovia.
Ainda segundo a polícia, os outros dois funcionários conseguiram sair ilesos.
O incêndio já foi controlado pelo Corpo de Bombeiros e não precisou haver a interdição do tráfego de veículos na rodovia.
A Polícia Científica foi acionada para realizar a perícia no local.
Em nota oficial ao G1, o DER informou que o acidente fatal foi registrado por volta das 15h desta quarta-feira (25), às margens da SP-501.
“O Departamento de Estradas de Rodagem lamenta o fato, envia solidariedade aos familiares do funcionário e tomará todas as medidas cabíveis”, complementou o órgão estadual.
A Polícia Civil adiantou ao G1 que vai instaurar um inquérito para apurar as circunstâncias que causaram a morte do trabalhador.
Marcos Desidério de Souza era morador de Presidente Prudente (SP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário