Páginas

Pesquisar este blog


11/09/21

Com plano de contingência, equipes da Energisa Sul-Sudeste são preparadas para atuar em período de chuvas intensas

Nos 24 municípios atendidos pela Energisa Sul-Sudeste na região de Presidente Prudente, a distribuidora registrou em 2019, aproximadamente, 70 mil raios (Imagem: Bruno Henrique/Pexels).
 (Imagem: Bruno Henrique/Pexels).

De maneira preventiva, empresa organiza ações para minimizar impactos na rede elétrica e orienta comunidade sobre medidas de segurança para os dias de chuvas
Historicamente, o mês de setembro dá início ao chamado período chuvoso, com aumento na incidência de chuvas, muitas vezes acompanhadas de ventos fortes e descargas atmosféricas em várias regiões do Estado. Por esse motivo, a Energisa Sul-Sudeste se prepara preventivamente com um plano de contingência operacional, elaborado e atualizado para direcionar as equipes na atuação nessas circunstâncias que podem impactar a distribuição de energia elétrica.
O gerente do Departamento de Operação da Energisa Sul-Sudeste, Tiago Luis Diorio Sanches, explica que o plano de contingência reúne uma série de procedimentos operacionais que visam garantir a continuidade do fornecimento de energia e minimizar os impactos ao sistema elétrico e aos clientes durante situações de crise ou fenômenos associados a chuvas e tempestades.
"Depois de um período longo de estiagem, algumas regiões do país são acometidas pelo chamado período chuvoso. Este fenômeno é muito comum em países tropicais, como é o caso do Brasil, que possui praticamente duas estações ao longo do ano: uma fria e seca e outra quente e chuvosa. Com a entrada do mês de setembro, damos início ao período marcado por chuvas e vendavais em nosso país. Em anos anteriores, assim como já ocorreu nesta semana em algumas regiões, houve registros de tempestades, quedas de árvores e objetos lançados sobre a rede de distribuição. Com o plano de contingência preparamos nossas equipes e definimos as responsabilidades de forma a organizar, orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações para atuarmos com agilidade e segurança, a fim de minimizar, dentro do possível, os impactos dessas situações adversas", detalha.
Com esse propósito, a companhia investe constantemente na modernização e manutenção do sistema elétrico ao longo de todo o ano. "Fazemos um trabalho de manutenção preventiva, com investimentos em infraestrutura e reforço de equipes para atendimento emergencial e, assim, estarmos preparados para esta época", afirma Tiago.
Ele acrescenta que juntamente com o treinamento e mobilização de engenheiros, técnicos, operadores e eletricistas, reforço de equipes de campo e recursos extras, a Energisa Sul-Sudeste dispõe de equipamentos que monitoram o sistema elétrico e permitem manobras à distância, diretamente do Centro de Operação, o que garante maior agilidade na recomposição da energia.
Além de se preparar para atuar nos dias de chuvas, a Energisa Sul-Sudeste alerta sobre a importância da comunidade adotar medidas preventivas e de segurança nos dias de chuvas:
Em dias de ventos e chuvas fortes, procure um local seguro para se abrigar. Em áreas mais abertas, principalmente na zona rural, fique longe de estruturas altas, como torres de telefone ou de energia. Também não se abrigue embaixo de árvores.
Em casa, ao perceber a aproximação de tempestades, retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras.
Se encontrar cabos partidos no chão, não se aproxime em hipótese alguma, pois não é possível saber se o cabo está ou não energizado. Informe a Energisa.
Em caso de urgência, entre em contato com a Energisa Sul-Sudeste pelos canais de atendimento:
Aplicativo para celular Energisa On
Gisa - (18) 99120-3365 (assistente virtual da Energisa pelo WhatsApp)
Call center – 0800 70 10 326

Nenhum comentário:

Postar um comentário