Páginas

Pesquisar este blog


09/11/21

 

Estreia de ‘Um lugar ao sol’ é marcada por trama ágil e ótimas atuações de Cauã Reymond e Ana Beatriz Nogueira

Por: Zean Bravo 
Ana Beatriz Nogueira e Cauã Reymond
Ana Beatriz Nogueira e Cauã Reymond Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O contraste entre as vidas dos gêmeos Christian e Renato, personagens interpretrados por Cauã Reymond, ficou evidente já nas cenas iniciais de “Um lugar ao sol”. Primeira novela das nove da Globo totalmente inédita desde o início da pandemia, a trama, que estreou nesta segunda-feira, 8, teve um começo ágil, sem grandes firulas, marcado por ótimas interpretações.

O folhetim vai mostrar como as oportunidades ou a falta delas podem moldar a trajetória de uma pessoa. Os protagonistas criados pela autora Lícia Manzo perdem a mãe no parto e são separados ainda bebês. Sem condições de manter os dois filhos, o pai entrenga um deles para um casal com boas condições financeiras. E encaminha o outro para um abrigo.

Com direção artística de Maurício Farias, a novela começa quando os jovens completam 18 anos. Christian precisa deixar o abrigo para menores onde foi criado e começa a batalhar para se manter. Já Renato teve todas as melhores oportunidades, mas é um jovem rebelde. Na minissérie “Dois irmãos”, em que também interpretou gêmeos, Reymond dividiu o papel com o ator Matheus Abreu. Desta vez, o artista de 41 anos viveu os personagens aos 18. A boa caracterização ajudou na composição e não comprometeu a trama. A história acaba avançando mais uma vez e tem uma nova passagem de tempo (sete anos) ainda no primeiro capítulo.

Christian (Cauã Reymond) e Ravi (Juan Paiva)
Christian (Cauã Reymond) e Ravi (Juan Paiva) Foto: Rede Globo/Divulgação

Foto: Rede Globo/Divulgação


Reymond se saiu muito bem nos dois papéis e soube pontuar as diferenças entre os irmãos. Ana Beatriz Nogueira também está ótima como Elenice, a mulher que adotou Renato ainda bebê (Lorena Comparato fez a personagem jovem). Egoísta e fútil, ela convence o marido, José Renato (Rafael Primot/Genezio de Barros, ótimo), a deixar o irmão gêmeo do menino, que estava adoentado, com o pai biológico.

Temas fortes

Juan Paiva é outro que se destacou na estreia. O ator interpreta Ravi, o melhor e único amigo de Christian. Andréia Horta fez de Lara, par romântico do gêmeo batalhador, uma personagem solar e carismática. A química entre os atores também funcionou.

Lara (Andrea Horta) e Christian (Cauã Reymond)
Lara (Andrea Horta) e Christian (Cauã Reymond) Foto: Rede Globo/Divulgação

Foto: Rede Globo/Divulgação

Além da história dos irmãos gêmeos, a novela vai abordar temas como gordofobia, preconceito social e racial, abuso emocional, os dilemas da mulher após os 50 anos, gravidez na adolescência, liderança feminina, entre outros. A trama promete.

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário