Páginas

Pesquisar este blog


29/11/21

Polícia Civil investiga caso de injúria racial em Presidente Prudente

Vítima é um médico veterinário que é aluno de pós-graduação na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste).
Por Mariana Gouveia, TV Fronteira
A Polícia Civil abriu investigação para apurar um suposto caso de injúria racial em Presidente Prudente (SP).
A vítima é um médico veterinário que é aluno de pós-graduação na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste).
O estudante encontrou em seu próprio carro, que estava no estacionamento da universidade, um bilhete com frases de cunho racista.
Em nota à TV Fronteira, a Unoeste informou que presta apoio à vítima e contribui com a polícia para a identificação da autoria da injúria.
Além disso, a instituição de ensino superior também ressaltou que repudia qualquer tipo de discriminação.
“A universidade está ciente do caso de injúria racial contra um aluno da pós-graduação e lamenta o ocorrido. Dessa forma, está prestando todo apoio necessário à vítima, bem como contribuindo com a autoridade policial para a identificação do(a) infrator(a)”, pontuou a Unoeste.
“Ressalta-se que a universidade repudia qualquer tipo de discriminação, sendo que todos os cursos mantêm em suas matrizes curriculares abordagens voltadas à educação das relações étnico-raciais, sempre visando a formação de cidadãos que respeitem, acima de tudo, o ser humano, sem qualquer distinção. Inclusive, por meio de portaria, tem devidamente regulamentado o seu próprio Núcleo de Educação em Direitos Humanos”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário