Páginas

Pesquisar este blog


08/11/21

Mulher é agredida de forma brutal ao reagir a assalto no litoral de SP; VÍDEO


Prefeitura de Bertioga, no litoral de São Paulo, afirma que todas as equipes de Segurança e a Polícia Militar estão empenhadas em localizar o agressor.
Por g1 Santos
Imagens de câmeras de monitoramento obtidas pelo g1 neste domingo (7) mostram uma mulher sendo brutalmente agredida durante um assalto em Bertioga, no litoral de São Paulo. O bandido fugiu com o carro da vítima em seguida, mas o veículo foi recuperado posteriormente. A mulher relatou que, após ser agredida, também chegou a dar socos no criminoso, para se defender.
O crime ocorreu na Avenida Anchieta, no Centro da cidade. Nas imagens, é possível ver quando o assaltante joga a mulher na calçada e se posiciona em cima dela, a agredindo com diversos socos na cabeça.
Em seguida, conforme mostra o vídeo, ele a deixa caída no solo, mas ao ver que ela vai se levantar, retorna e a agride novamente. Pouco depois, a vítima se levanta com um pouco de dificuldade e ainda desnorteada.
"Eu treino na praia todo dia às 6h, e quando eram umas 5h e pouco saí de casa, e saí do portão para entrar no carro. Eu estava falando no celular com uma pessoa e ouvi um grito, aí vi uma pessoa correndo em minha direção, mas achei que seria alguém pedindo algo. Quando olhei de novo ele já estava do meu lado e gritou 'perdeu velha, perdeu'. Em seguida, já tomou meu celular", conta a promotora de vendas Marcia Santos, de 49 anos.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas
Foto: Reprodução
Marcia relata que, quando foi sair do carro, o criminoso deu o primeiro soco nela, e ela revidou. "Aí ficamos trocando socos no meio da rua e ele conseguiu me jogar na calçada". Foi nesse momento que ela passou a ser muito agredida pelo suspeito, que fugiu em seguida com o veículo dela.
Segundo a vítima, a pessoa com quem estava conversando pelo celular, antes de ser abordada, continuou na linha durante o assalto e ouviu tudo, acionando a Polícia Militar. Ela foi socorrida pelo filho ao Hospital de Bertioga, e, após receber atendimento médico, foi à Guarujá para realizar exames pelo convênio. A PM colheu seu depoimento no hospital do município em que ocorreu o crime.
Testemunhas relataram para Márcia que o suspeito fugiu de ônibus após abandonar o carro dela. Segundo a vítima, o criminoso ainda conseguiu levar seus documentos e cartões de créditos.
"É assustador passar por isso, você não sabe se o cara vai te matar, se está armado e as vezes age por instinto, como eu fiz ali trocando porrada com o cara. Eu achava que teria calma de entregar tudo e deixar ele ir embora, mas na hora não consegui. Estou com vários hematomas no rosto, braços e costas e vou precisar tomar antibióticos", diz.
Em nota, a Secretaria de Segurança de Bertioga informa que a Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada posteriormente ao acontecido. O registro de ocorrência foi realizado. Acrescenta, também, que todas as equipes de Segurança e a Polícia Militar estão empenhadas em localizar o agressor, bem como o Centro Operacional de Imagens de Bertioga (COIBE).
A pasta destaca que o homem, além de agredir a vítima, roubou o carro da mesma. O veículo já foi encontrado pela GCM. O caso foi registrado como roubo pela Delegacia de Bertioga, que apura os fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário