Páginas

Pesquisar este blog


05/11/21

Pela 2ª vez, Câmara Municipal arquiva denúncia contra vereadora acusada de descumprir isolamento social com suspeita de Covid-19

Sara dos Santos Scarabelli Souza (PODE) foi absolvida após votação realizada nesta quinta-feira (4). Decisão foi por oito votos a cinco.
Por g1 Presidente Prudente
A Câmara Municipal de Dracena (SP) arquivou pela segunda vez a denúncia contra a vereadora Sara dos Santos Scarabelli Souza (PODE), que havia sido acusada de desrespeitar o isolamento social mesmo estando com sintomas suspeitos da Covid-19. A sessão ocorreu nesta quinta-feira (4).
Conforme a denúncia, a vereadora teve seu resultado positivo confirmado em teste realizado em laboratório particular e não respeitou o isolamento social imposto pelos médicos do Centro Municipal de Atendimento à Covid-19 (Cemac).
A denúncia foi lida nesta quinta-feira (4) em plenário e, por oito votos a cinco, foi arquivada. Para ser aprovada e dar prosseguimento à cassação da vereadora, eram necessários dois terços dos votos, ou seja, nove votos.
Votos a favor da denúncia e do prosseguimento da cassação:
Marcos Antônio da Cruz (suplente pelo PODE)
Edenilso da Silva Carvalho (suplente pelo DEM)
Danilo Ledo dos Santos (DEM)
Júlio Cesar Monteiro da Silva (PV)
Luís Antônio de Oliveira Cavalcante (PATRIOTA)
Maria Gasques Mateus (PATRIOTA)
Nilton Satoshi Shimoto (PODE)
Sidnei da Silva Contelli (PL)
Votos contrários à denúncia e a favor do arquivamento:
Célio Antônio Ferregutti (PV)
Claudinei Millan Pessoa (PP)
Rodrigo Castilho (PSDB)
Victor da Silva Almeida Palhares (PP)
Rodrigo Parra (PSB)
Encerrada a sessão, a Câmara de Dracena arquivou a denúncia e oficializou a decisão ao Cartório Eleitoral.
Pela segunda vez
Essa foi a segunda vez em que a vereadora a Sara dos Santos Scarabelli Souza tornou-se alvo de uma Comissão Processante (CP), que acabou arquivada.
A primeira, que começou as investigações em março deste ano, terminou com o arquivamento da denúncia em junho, depois que foram feitos adiamentos pela defesa e o prazo do julgamento expirou.
A nova CP aberta para investigar a denúncia de quebra de decoro parlamentar contra a vereadora teve início em agosto deste ano e, nesta quinta-feira (4), foi novamente arquivada.
O g1 entrou em contato com a vereadora Sara dos Santos Scarabelli Souza, mas até a publicação desta reportagem não obteve resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário