Páginas

Pesquisar este blog


06/11/21

 

Alce quebra janela de vidro e invade sala de aula em escola no Canadá

Autoridade acredita que animal tenha ficado estressado por causa de cachorros e outros pets da cidade


Do R7


Vários cacos de vidro ficaram espalhados pelo chão

REPRODUÇÃO: TWITTER (@PATDUBOIS)

Alunos de uma escola de Saskatoon, na província de Saskatchewan, no Canadá, foram surpreendidos na manhã de quinta-feira (4) por um alce que quebrou uma janela e invadiu uma sala de aula, deixando vários cacos de vidro espalhados pelo chão.

Uma testemunha identificada como Ashley Young contou ao portal local Global News que estava levando seus filhos para a escola quando seu filho mais novo gritou pela janela alertando sobre o ocorrido.

"Eu, claro, fiquei tipo: 'Não, não há um alce. Do que você está falando?' E ele disse: 'Não estou brincando desta vez.' Dei marcha ré e quando olhei, vi o animal na janela parado lá", afirmou.

"Estacionei meu carro, dei a volta e fui atrás do bicho para gravar um vídeo e tirar algumas fotos. Queria obter alguma evidência de que, sim, há um alce vivo de verdade na escola", completou.

A teoria de um inspetor do serviço de conservação do Ministério do Meio Ambiente de Saskatchewan, Steve Dobko, é a de que o alce deve ter escapado de seu habitat e, devido ao estresse provocado por cachorros e outros animais domésticos da cidade, teria começado a correr até parar na escola. No local, ele imagina que o bicho deve ter entrado em pânico e, por isso, quebrou a janela de vidro.

Até onde Dobko sabe, ninguém foi levado ao hospital, mas é possível que algumas crianças tenham ficado com alguns cortes e arranhões. Após o incidente, todos foram removidos com segurança.

"A escola respondeu muito bem. Colocou as crianças em algumas salas de aula no fundo da escola, de modo que não havia mais risco para elas", disse.

O alce foi tranquilizado por oficiais de segurança da equipe de Dobko, removido do local em segurança e devolvido à natureza. É certo que ele teve ferimentos ao passar pela janela de vidro, mas ainda não se sabe a gravidade da situação. O inspetor informou que, dependendo do quadro, é possível que o animal seja sacrificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário