Páginas

Pesquisar este blog


25/12/21

Suspeito de ter matado ex-mulher em Cianorte e confessado crime em áudios é preso no interior de SP

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, ao ar livre e texto que diz "D LICIA VIL POLÍCIA CIVIL 13 POLÍCIA CIVIL"

Foto: Fábio Dias/PCPR

Vítima tinha 39 anos e foi morta a facadas, em fevereiro de 2020. Polícia encontrou suspeito em Presidente Epitácio, no oeste paulista, enquanto ele trabalhava em uma obra.
Por RPC Noroeste
Um homem suspeito de ter matado a ex-mulher e confessado o crime por meio de áudios, em Cianorte, no noroeste do Paraná, foi preso no interior de São Paulo, de acordo com a Polícia Civil. O homem foi detido na quinta-feira (23).
O crime aconteceu no fim de fevereiro de 2020. A vítima tinha 39 anos e foi morta a facadas. O corpo da mulher foi encontrado em uma caixa de contenção de água, na área rural de Cianorte.
Dias depois do crime, um áudio do suspeito foi divulgado, no qual ele confessava o crime. As gravações foram anexas ao inquérito que investiga o caso.
"Eu estou pedindo direção a Deus para que ele de força para me entregar, porque eu tenho que pagar. Eu acabei com a minha vida e tirei a vida dela. Eu liguei para uma pessoa da minha família falando o que tinha acontecido, aonde estava e pedi para não deixar o corpo dela lá", disse o suspeito na gravação.
O delegado Jonas Amaral disse que o homem era considerado foragido desde a conclusão do inquérito, em 2020. Um mandado de prisão preventiva foi decretado pela Justiça.
O suspeito foi localizado em Presidente Epitácio (SP) e preso com o apoio da Polícia Civil de São Paulo pelo crime de feminicídio.
"Ele estava trabalhando em uma obra, tinha uma residência que estava morando. Ainda não tem informações sobre a eventual remoção dele para Cianorte. Agora, ele vai responder pelo crime preso e à disposição da Justiça", afirmou o delegado.
Conforme a polícia, o homem e a vítima estavam separados há mais de um ano e brigavam porque ela estava em outro relacionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário