Páginas

Pesquisar este blog

27/03/21

Danilo Barbosa é apresentado, elogia o Palmeiras e se rende a Abel: "Sinto-me à vontade com ele"

Pode ser uma imagem de texto que diz "V Store.com W crefisa PLAYCOM crefisa cre crefisa Fam Fam crefisa crefisa Fam rejna ram PUMO Fam PUMA crefisa FAn PUMA crefisa CAMPEON a crefis cT Fam Fal efisa crefis am sa PUMA 7 efisa Fam PUMA ACADEMIA Famn Fam ACADEMIA"

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Volante de 25 anos destaca "projeto ambicioso" do Verdão

Por José Edgar de Matos — São Paulo
O meio-campista Danilo Barbosa foi apresentado nesta sexta-feira como o primeiro reforço do Palmeiras para a temporada de 2021.
O volante explicou os motivos para trocar o futebol europeu pelo atual campeão da Libertadores, como o projeto apresentado e a presença do técnico Abel Ferreira, com quem trabalhou anteriormente no Braga, de Portugal.
— Foi apresentado um projeto ambicioso, e me senti atraído por aquilo que é o clube, a história e sobretudo os últimos anos, em que vem ganhando inúmeras competições. Isso me atraiu — afirmou Danilo Barbosa, em entrevista coletiva concedida após o treino desta sexta.
— É um clube ambicioso e uma comissão vitoriosa que conheci há um tempo e já demonstrou aqui no clube. Uma junção disso me fez vir para o clube. Agora é desfrutar e somar para dar continuidade às vitórias — declarou o novo camisa 18 do Palmeiras.
Ainda na entrevista ocorrida na Academia de Futebol, Danilo Barbosa se colocou à disposição para atuar também como zagueiro, função que assumiu por necessidade no Nice-FRA, clube que emprestou o brasileiro de 25 anos.
— Eu joguei algumas vezes lá atrás para ajudar em um momento delicado do Nice, com várias e várias lesões da parte defensiva. Isso cabe ao treinador. Eu sou um volante, mas cabe ao treinador decidir. Independentemente da situação, eu estou disponível — comentou.
Danilo Barbosa trabalhou pela primeira vez com o elenco em campo na manhã desta sexta-feira. O meio-campista volta a treinar com os colegas somente a partir das 10h (de Brasília) de segunda-feira. Os jogadores ganharam folga neste fim de semana sem jogos.
Confira mais respostas de Danilo Barbosa:
Presença de Abel pesou para a escolha?
Foi uma época positiva da parte de todos daquele grupo. Tivemos um Campeonato Português positivo, também na Liga Europa que qualificamos em primeiro no grupo. Eu me senti muito à vontade com Abel e como ele trabalha, da forma como passa para os jogadores que, independente de jogar ou não, você é importante. Isso soma para o jogador.
Quando estará à disposição?
O clube chamou a atenção e o treinador, que me deu esse ‘start’. Eu me senti motivado também pelo treinador e o grupo, apesar de não ter tido o contato no dia a dia, mas já conhecia alguns. Para mim, é um motivo de alegria estar aqui. Estou ótimo fisicamente, já treinava com o grupo lá fora. Aqui já fiz os testes e treinei hoje com o grupo (sexta-feira), só tenho que agora desfrutar do trabalho.
O que você pode acrescentar para os jovens, fundamentais nas conquistas de 2020?
Costumo dizer que experiência não tem a ver com a idade, mas com a vivência. Posso acrescentar para os jovens falando do futebol lá fora, acreditando que eles vão ter seus momentos futuramente lá fora. Mas eles podem me ajudar também com as vivências que não tive aqui. Eu saí daqui com 18 anos, e não vou deixar de aprender com eles sobre o dia a dia do clube, o ambiente. Sem dúvida é importante essa troca de informações, tanto com jovens quanto com os mais experientes.
Como é ter calendário indefinido e não saber quando jogar?
Situação delicada, pois vivemos um momento muito difícil. Também não posso ser egoísta e pensar que temos que jogar, jogar. É um problema de saúde e cabe às pessoas competentes tomarem as decisões. Temos que pensar no próximo.
O que pode dizer pela pandemia na Europa e sua vivência?
Lá fora teve confinamento e neste momento também. Meu dia a dia lá era casa, treino, jogo, casa. Não tinha vida normal e aqui também. Estou confinado, venho para o treino e depois volto para o hotel. Queríamos que estivesse tudo 100%, que tivéssemos contato com as pessoas e a torcida, mas infelizmente é uma situação muito delicada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário