Páginas

Pesquisar este blog

27/03/21

Região soma duas mortes após incêndios em residências neste ano

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Foto: Arquivo/Polícia Militar
Até o dia 18 de fevereiro, o 14º GB (Grupamento de Bombeiros) de Presidente Prudente já havia registrado 24 ocorrências em imóveis unifamiliares
REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO de O Imparcial de Presidente Prudente
Recentemente, este diário informou que um incêndio de grandes proporções destruiu uma residência em Euclides da Cunha Paulista. Uma mulher de 41 anos e uma menina de 6 anos, que estavam dentro do imóvel, não resistiram e morreram. A incidência de incêndios em residências, portanto, se tornou frequente nos últimos tempos e, por vezes, é ocasionada por maus hábitos ou mesmo negligência. Na área de operação do 14º Grupamento de Bombeiros, em Presidente Prudente de Presidente Prudente, 127 ocorrências em imóveis unifamiliares resultaram em 12 atendimentos a vítimas e dois óbitos em 2020. Até o dia 18 de fevereiro deste ano a corporação já havia registrado 24 ocorrências de incêndios, quatro pessoas em perigo e duas mortes.
A sobrecarga dos circuitos elétricos, segundo o grupamento, é uma das principais causas de incêndios em imóveis. O uso de vários aparelhos domésticos ligados a uma mesma tomada, por exemplo, acaba por consumir muita energia ao mesmo tempo, em um ponto que pode não suportar a carga, aumentando o risco de curto-circuito. Por isso, a recomendação é para que nunca sobrecarregue tomadas com diversos adaptadores acoplados a ela.
Fazer uma verificação periódica das condições do sistema elétrico também é essencial para proteger a casa contra incêndios. Fios, disjuntores e tomadas também devem ser averiguados para que não haja superaquecimento. Uma boa dica, segundo o GB, é substituir adaptadores de energia com três entradas ou “T” por filtros de linha que possuem fusíveis que se rompem em caso de sobrecarga de energia. “Evite realizar trabalhos que envolvem a rede elétrica, por mais fáceis que pareçam ser. Delegue esses trabalhos para um eletricista, profissional especializado no assunto”.
Todos os aparelhos eletrônicos também devem ser usados de maneira responsável. Desta forma, a recomendação é que se evite ligar todos ao mesmo tempo, pois, juntos, podem sobrecarregar a rede elétrica da casa.
Atenção na cozinha
De acordo com o 14º GB de Presidente Prudente, a cozinha também é um ambiente responsável pelas ocorrências em residências. O que acontece é que a combinação de gás e fogo pode ser muito perigosa se alguns cuidados não forem tomados. Em primeiro lugar, a recomendação é para manter-se na cozinha enquanto o forno ou fogão estiverem ligados. “Não se distraia enquanto está cozinhando. Uma dica é colocar o celular para despertar na hora em que a comida ficará pronta”, explica.
O óleo quente, por exemplo, se for aquecido durante muito tempo, pode pegar fogo. No entanto, caso isso ocorra, não jogue água na panela, pois pode provocar um choque térmico, gerando explosão. Fósforos e isqueiros devem ser mantidos fora do alcance de crianças.
O 14º GB orienta a necessidade de comprar botijões de gás somente de fornecedores conhecidos e que sigam todos os controles de segurança. “Eles devem ser mantidos do lado de fora da casa, e sem exposição direta ao sol, evitando que eventuais vazamentos provoquem incêndios”.
Álcool em gel
Neste período de pandemia, o uso do álcool em gel se tornou frequente e essencial, tento em vista à atual situação de transmissão da doença. No entanto, alguns cuidados são necessários. O álcool 70% é um produto inflamável, por isso deve ser manuseado e armazenado com cuidado.
Para fazer o uso correto do sanitizante, é necessário seguir as orientações de uso e armazenamento do fabricante, ou seja, utilizar para higienização das mãos e superfícies de contato, principalmente aqueles itens compartilhados (maçanetas, teclados, mouse, etc.). O produto também deve estar devidamente embalado diante de toda e qualquer fonte de calor, estar dentro do prazo de validade e, por isso, deve ser adquirido em local idôneo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário