Páginas

Pesquisar este blog

29/03/21

Uma hora após ser solto, rapaz é preso novamente por se aproximar da casa da mãe e descumprir medida protetiva

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e ao ar livre

Foto: Heloise Hamada/G1
Mulher de 59 anos acionou a Polícia Militar ao ver que o filho havia retornado para a casa neste domingo (28). No sábado (27), ele havia agredido com socos a irmã e empurrado sua genitora.
Por G1 Presidente Prudente
Após ser preso por agredir a própria mãe e a irmã, um rapaz de 19 anos foi detido novamente por ter descumprido a medida protetiva de urgência contra ele, uma hora após ser liberado da audiência de custódia. O caso foi registrado neste domingo (28), no Jardim Sumaré, em Presidente Prudente.
Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para comparecer em uma rua do Jardim Sumaré, onde havia um "indivíduo agressivo e que estaria a descumprir medida protetiva de urgência".
No local, os policiais localizaram o rapaz, que estava sentado em um banco em frente à casa de sua mãe, de 59 anos, "alegando que não tinha para onde ir".
Em seguida, a mulher relatou que o filho esteve em sua casa, "descumprindo ordem judicial". Ela mostrou aos policiais a cópia da medida protetiva que determina o afastamento do rapaz do lar, com proibição de se aproximar a menos de 100 metros e a proibição de manter contato.
A mulher também disse que no último sábado (26), o filho havia sido preso, ocasião em que solicitou a medida protetiva contra ele.
O rapaz foi detido depois de agredir a irmã com socos e ter empurrado a mãe. Na audiência de custódia, neste domingo (28), foi concedida a liberdade provisória e ele foi informado sobre as medidas protetivas.
Contudo, ainda conforme o BO, uma hora após ter sido solto, ele foi até a casa da mãe, estando "bravo e agressivo". A mulher lembrou que ele não poderia se aproximar. Ele respondeu que não "iria ficar na rua".
Ele foi preso e levado para a Delegacia Participativa, onde optou por ficar em silêncio.
Diante da situação, o delegado de plantão representou pela conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva do rapaz de 19 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário