Páginas

Pesquisar este blog

30/03/21

Vacinas contra o coronavírus poderão ser produzidas por laboratórios veterinários

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e área interna

Estratégia visa ampliar a fabricação brasileira de imunizantes em até 400 milhões de doses
Em reunião da Comissão Temporária Covid-19 na manhã desta segunda-feira (29), o relator, senador Wellington Fagundes (PL-MT) debateu com os membros do colegiado a fabricação de vacinas contra a Covid-19 por empresas de saúde animal.
Na última semana o senador já havia se reunido com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para avaliar a estratégia que visa ampliar a produção brasileira de vacinas em até 400 milhões de doses.
Para o senador a falta do imunizante é o maior fator de atraso na vacinação da população e esta parceria é uma alternativa para o problema.
“O Brasil tem um parque industrial pronto com condições de fazer as vacinas necessárias.”
Na última semana o Ministério da Saúde reduziu em 10 milhões a previsão do número de doses esperadas para o Brasil no mês de abril. O total de vacinas para o próximo mês a serem distribuídas pelo Programa Nacional de Imunizações passou de 57,1 para 47,3 milhões.
O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan) colocou à disposição do governo o parque industrial para a fabricação dos insumos.
A diretora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Meiruze Freitas, disse que todas as possibilidades estão na mesa para serem avaliadas e que hoje haverá mais uma reunião com o setor, intermediada pelo Ministério da Agricultura, para conhecer melhor o parque fabril da indústria de saúde animal.
“Vamos avaliar essa questão da produção, em especial da transferência da tecnologia do insumo farmacêutico ativo, verificar quais são as provas de comparabilidade que precisam ser feitas do o insumo farmacêutico com os estudos clínicos que a gente conhece.”
A comissão temporária foi criada para acompanhar as ações contra a Covid-19. Além da parceria, na ocasião foi debatido o andamento dos processos de autorização emergencial e definitiva de vacinas contra a doença e da produção de vacinas pelo Brasil.
Em reunião da Comissão Temporária Covid-19 na manhã desta segunda-feira (29), o relator, senador Wellington Fagundes (PL-MT) debateu com os membros do colegiado a fabricação de vacinas contra a Covid-19 por empresas de saúde animal.
Para o senador a falta do imunizante é o maior fator de atraso na vacinação da população e esta parceria é uma alternativa ao problema.
O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan) colocou à disposição do governo o parque industrial para a fabricação dos insumos.
A Anvisa disse que todas as possibilidades estão na mesa para serem avaliadas e que haverá reuniões com o setor para conhecer melhor o parque fabril da indústria de saúde animal.
Reportagem, Rafaela Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário