Páginas

Pesquisar este blog

29/04/21

Trabalho e estudos remotos exigem adaptações no ambiente doméstico

Nenhuma descrição de foto disponível.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Profissional reúne dicas para adequar essas novas funções em casa e, com isso, garantir a produtividade e bons resultados
REGIÃO - DA REDAÇÃO de O Imparcial de presidente Prudente
Desde o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, com todas as restrições impostas para tentar conter a doença, muitas pessoas passaram a trabalhar e estudar em casa. Esse processo vem exigindo das famílias um trabalho de adaptação. Apesar de parecer cômodo, é importante ter em mente que organização é fundamental para garantir a produtividade e bons resultados.
“As pessoas tiveram que se adaptar a essa nova realidade e perceberam que, para o convívio harmonioso dentro dos seus lares, era necessário fazer ajustes para ter uma maior qualidade de vida. Muitos descobriram que podem trabalhar remotamente e esse ‘novo normal’ ficará em definitivo para alguns. Para isso, adaptações foram realizadas e as reformas cresceram vertiginosamente. Ambientes com pouco uso sofreram transformações para adequar a nova função: home office”, afirma Alexandre Rena, docente do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) de Presidente Prudente.
Pensando nisso, Alexandre separou algumas dicas que podem fazer a diferença dentro dessa nova realidade, tanto para o trabalho quanto para o estudo remotos:
- Eleja um lugar dentro da casa para ser seu home office que não tenha muito fluxo de pessoas passando, o que pode atrapalhar a concentração;
- Escolha um espaço que tenha tamanho apropriado para o mobiliário que seja adequado à sua atividade e que tenha espaço de circulação;
- Pense na ergonomia, optando por mobília adequada e uma boa cadeira para o trabalho ou estudo, isso ajuda no desempenho e sua coluna agradece;
- Preocupe-se com a iluminação, principalmente em cima da área de trabalho. O recomendado são lâmpadas de LED brancas frias. Utilize também luminárias, que contribuem para uma iluminação uniforme e fazem com que a pessoa fique atenta aos afazeres;
- Invista em caixas organizadoras para manter tudo em seu devido lugar. Existem opções de vários tamanhos e preços no mercado;
- Invista em objetos decorativos que você tenha afinidade, porque você passará a maior parte do tempo neste local. Se você tiver um quadro ou uma cor na parede que não lhe agrade, você não terá ânimo de ficar no espaço e, pode não produzir adequadamente;
- Escolha um espaço arejado e busque, mesmo que por ventilação artificial, a temperatura mais agradável para você em sua área de trabalho;
- Adote um cantinho verde, nem que seja uma suculenta em um vasinho. O verde traz vida e alegria para o ambiente.
Design adaptado
A realidade do trabalho e do estudo remotos trouxe um novo olhar para o design e a arquitetura. Segundo Alexandre, a visão do cliente fez com que os profissionais tivessem que se reinventar e se adaptar a uma realidade em que a tecnologia é a ferramenta para solução de muitas necessidades.
“Como sabemos, o ramo da construção não parou, pelo contrário, nunca se trabalhou tanto, fazendo projetos para readequações de espaços, o que nos ensinou que também podemos trabalhar remotamente, fazendo reuniões on-line com clientes e utilizando aplicativos para negociar materiais e mão de obra. Ampliamos nosso nicho de mercado e aumentamos a nossa carteira, atendendo o cliente em qualquer lugar que ele esteja”, diz.
Técnico em Design de Interiores
O Senac de Presidente Prudente tem em seu portfólio o curso Técnico em Design de Interiores, que prepara o aluno para criar projetos para transformar ambientes em espaços funcionais, personalizados e confortáveis. Para conhecer mais o curso e ter informações sobre turmas e bolsas, acesse http://sp.senac.br/.../curso-tecnico-em-design-de-interiores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário