Páginas

Pesquisar este blog

19/07/21

Durante 'surto', homem agride e ameaça de morte a própria mãe, em Presidente Prudente

Pode ser uma imagem de ao ar livre e texto que diz "Polícia POLICIA MILITAR 190 Policia 190 CPI-8 18° BPM/I 5Ð CIA PM Policia 3222-0043"

Foto: Stephanie Fonseca/G1

Vítima, de 56 anos, relatou ter sido atingida por soco na cabeça, que caiu após o golpe e, por isso, estava com dores no braço. Rapaz foi preso em flagrante.
Por G1 Presidente Prudente
Um homem de 25 anos foi preso após agredir e ameaçar de morte a própria mãe, neste sábado (17), em Presidente Prudente. A vítima da violência doméstica, de 56 anos, solicitou medida protetiva de urgência.
De acordo com a boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados ao local, na Vila Angélica. Durante o contato com a vítima, ela relatou ter sido agredida com um soco na cabeça e que, em razão da queda sofrida na sequência, estava com dores em seu braço.
Questionado pelos policiais, o envolvido admitiu ter desferido um soco na própria mãe.
Já em depoimento na Delegacia Participativa da Polícia Civil, a vítima afirmou ser mãe do homem e contou que, por ele ser usuário de drogas, tem o hábito de danificar objetos dentro da residência.
Neste sábado (17), repentinamente o homem ficou agressivo e passou a proferir ameaças de morte contra a mãe e, na sequência, desferiu um soco que a atingiu na cabeça. O golpe fez com que a mulher caísse dentro de uma pia.
Ainda conforme relatou a vítima à polícia, ela levantou cambaleando e procurou auxílio na residência vizinha, onde acionou a Polícia Militar.
Por fim, manifestou interesse na representação criminal em face do crime de ameaça, bem assim, solicitou a concessão de medidas protetivas de urgência.
Também na unidade policial, o indivíduo confessou a agressão física contra a mãe, alegando que “não foi por querer” e “porque tem surto”, mas negou ter ameaçado a vítima.
Devido à lesão corporal em contexto de violência doméstica, foi requisitada a presença do médico legista, que atestou as lesões corporais de natureza leve, sendo um edema traumático (inchaço) e equimose (mancha pós-contusão) no braço.
O homem teve a prisão em flagrante ratificada, sem concessão de liberdade mediante fiança, em razão de seu comportamento agressivo, conforme relato da vítima e da irmã do indivíduo. Ele permanece à disposição da Justiça.
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário