Páginas

Pesquisar este blog

18/07/21

 

Paciente indiano é submetido a cirurgia para a retirada de 82 dentes extras

Por: Fernando Moreira 
Paciente indiano com 82 dentes extras
Foto: Reprodução
Paciente indiano com 82 dentes extras Foto: Reprodução

Um caso incomum de um adolescente que tinha 82 dentes extras se tornou viral nas redes sociais da Índia, deixando muitos internautas boquiabertos.

Médicos do Instituto Indira Gandhi de Ciências Médicas (IGIMS), em Patna, recentemente realizaram uma cirurgia no adolescente que tinha um tumor raro.

O jovem de 17 anos, identificado como Nitish Kumar, vinha sofrendo de um tumor complexo e incomum chamado odontoma em sua mandíbula nos últimos cinco anos, contou o "India.com".

Com o passar dos anos, o quadro piorou devido à falta de tratamento. Antes da cirurgia, seus exames revelaram que sua mandíbula tinha um inchaço severo. As imagens mostraram que o seu rosto estava distorcido devido ao excesso de dentes e uma enorme coleção deles foi vista na parte inferior de sua mandíbula em dois enormes caroços.

Paciente indiano com 82 dentes extras

Foto: Reprodução
Paciente indiano com 82 dentes extras Foto: Reprodução

"Ele veio com queixa de inchaço e dor no maxilar. Após o exame, diagnosticamos que ele tinha odontoma complexo, um tumor raro de mandíbula", disse Priyankar Singh, médico do IGIMS.

O tumor se desenvolveu devido a uma falha na substância de desenvolvimento dos dentes.

"Durante a operação, descobrimos que partes de dentes se acumulavam na parte de trás da mandíbula. O paciente já está bem e terá alta em breve", complementou o médico.

Ao contrário do que acontecia antigamente, os dentes retirados deverão ser descartados, conforme explicou ao PAGE NOT FOUND o dentista Jeter Ribeiro, especialista em Prótese Dentária, doutor em Implantodontia e professor da UFRJ.:

"Antigamente se fazia implante dentário por transplante com dentes retirados dessa forma. O problema era a anquilose (fusão das superfícies articulares seja por tecido ósseo ou fibroso que pode causar problemas em mastigação, digestão, fala, aparência e higiene). O procedimento era feito, mas, na verdade, não era tão eficiente. Havia muitos casos de uma espécie de rejeição, o não reconhecimento daquele dente como do paciente, o que levava ao insucesso do procedimento."

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário