Páginas

Pesquisar este blog


09/08/21

 DMULHER

No comando de reality, Ivete declara desejo de seguir como apresentadora: 'Vou investir'

Cantora estreia no 'The Masked Singer Brasil' na próxima terça-feira na Globo



Globo/Fernanda Tiné

Rio - Na próxima terça-feira, dia 10, estreia na Globo o 'The Masked Singer Brasil'. Novidade no país, o programa, que já é sucesso no exterior, vai ser apresentado por um dos maiores nomes da música brasileira: Ivete Sangalo. Ansiosa pela estreia, Veveta revela que, apesar de não ter procurado o trabalho como apresentadora, decidiu se arriscar e aceitar o convite.
"Tem coisas na vida que a gente precisa ficar atento. Se eu disser que cavei essas situações, eu seria leviana. Eu não cavei essas situações e esses convites vieram até mim. Fui convidada para apresentar o programa, mas estou muito feliz porque estou me sentindo muito confortável. Estou muito à vontade e na companhia de pessoas que eu quero um bem enorme", declara a cantora, que conta um pouco sobre essa nova fase.

"Eu sou uma pessoa que sempre tenho a vontade de buscar dentro de mim outras versões no que eu faço. Ainda sendo eu mesmo, mas buscando novos caminhos e percepções dentro dessa comunicação. Eu sou uma cantora, aí me tornei atriz, eventualmente faço coisas como atriz, dubladora, e agora como apresentadora. Eu soube do programa há quase dois anos e fiquei muito feliz. Eu soube que seria apresentadora e que estava suportada por pessoas e uma equipe de altíssimo nível e fui sem pensar. Eu falei 'tô dentro super'. Estou muito orgulhosa disso. Tem sido uma experiência maravilhosa", conta Ivete que também é produtora do reality show.

E a música?

Mesmo assim, Ivete nega qualquer tipo de afastamento da carreira de cantora. "Eu acredito que esses são chamados das muitas possibilidades que existem na vida de um artista e eu adoro comunicar. Mas eu jamais abriria mão de uma coisa em função de outro porque eu acho que isso não se faz necessário. Existe uma condução na minha carreira em que a gente pode experimentar diversas coisas. Eu estou me divertindo muito, estou adorando e estou feliz fazendo isso. É algo que eu vou escutar, de uma forma muito séria, e ver isso também como mais uma oportunidade que a minha profissão e minha vida me traz. Sou muito feliz sendo cantora, vou continuar sendo porque não há a menor possibilidade de eu parar de fazer isso porque é algo que me alimenta, mas há a descoberta da 'apresentadora'. Eu quero entender isso, eu quero desfrutar dessa possibilidade", garante a cantora que se satisfaz em estar dialogando com seu público.

"Tudo que me conectar a gente, a povo, a pessoas, isso vai me deixar muito feliz. Eu quero investir nisso também sem me desconectar de nenhuma outra faceta da minha história artística. Eu acho que vou investir, sim, porque eu estou me divertindo muito. Eu sou uma pessoa já muito presente como artista na vida dos brasileiros e tenho 27 anos de carreira. É impossível dissociar a minha figura de cantora da apresentadora. É muito difícil e eu não quero que isso aconteça. Mas tem conduções diferentes. É a mesma pessoa em condições diferentes", destaca.

Dinâmica do programa

No comando do reality, portanto, cabe a Ivete apresentar os competidores - que estarão sempre mascarados - e interagir com os jurados, que decidem quem segue para a próxima fase da disputa. Eduardo Sterblitch, Simone Mendes, Taís Araújo e Rodrigo Lombardi são os responsáveis por completar esse time. "Eu tenho a função de conduzir um roteiro, os jurados, os momentos, a presença da plateia. É uma experiência que de fato eu nunca vivi. Não é só a música, é uma percepção 360 graus daquela apresentação. É um programa que atiça muito os nossos sentidos, a curiosidade, a expectativa. Também tem muita emoção. A gente achou que ia ser só curiosidade, mas a emoção impera", adianta Ivete que optou por, assim como os jurados e o público, não saber a identidade das celebridades mascaradas.

"Foi uma decisão minha de não saber quem eram os mascarados ali cantando porque eu queria estar presente no palco com a mesma expectativa e energia do espectador e de Tais, Edu, Rodrigo, Simone e Camilla (de Lucas)", explica a apresentadora fazendo referência a ex-BBB que vai apresentar os bastidores do reality.

Boas novas

Em tempos de avanço da vacinação, mas ainda de muito luto no país, Ivete vê no 'The Masked Singer Brasil' uma oportunidade de fazer o brasileiro voltar a sorrir. "O programa tem o propósito de levar alegria, esse respiro no meio de tudo isso. Eu acho que a gente vai alcançar esse propósito obviamente também partindo da energia das pessoas que estão precisando junto com a gente. É muito especial", declara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário