Páginas

Pesquisar este blog


09/08/21

Mulher é morta e corpo é encontrado dentro de buraco, na zona rural de Lucélia

Pode ser um close-up de 1 pessoa e em pé

Namorado da vítima confessou o crime e foi preso em flagrante por feminicídio; ele relatou ter agredido Nayra, mas que ela não resistiu às lesões e morreu
REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI de O Imparcial de Presidente Prudente
Uma mulher de 22 anos morreu depois de ser agredida pelo namorado em Lucélia. O corpo foi encontrado na área rural, dentro de um buraco. De acordo com a Polícia Militar, o homem de 25 anos foi preso em flagrante por feminicídio.
Conforme o 25º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) recebeu denúncia de desinteligência e compareceu ao endereço informado. Quando a equipe chegou ao local, conversou com o acusado, que afirmou ter agredido a namorada.
Ainda conforme a PM, o indivíduo relatou que devido às lesões, ela não resistiu e morreu. O rapaz informou aos militares o local onde havia deixado o corpo, então, equipes foram a uma propriedade rural às margens da Vicinal João Lopes da Silva, no km 3, em um local de difícil acesso.
A aproximadamente 100 metros de distância de uma entrada de terra que faz junção com a vicinal, localizaram o corpo da vítima, que se encontrava em decúbito ventral (de bruços) e dentro de um buraco. Uma unidade de resgate observou que o corpo apresentava rigidez cadavérica.
De acordo com a Polícia Militar, a Polícia Civil foi comunicada e solicitou a perícia. Devido ao flagrante, o homem recebeu voz de prisão por feminicídio, conforme o artigo 121 parágrafo 2° inciso 6°do Código Penal.
Conforme a Funerária Flor de Lotus, a despedida de Nayra Valentim dos Santos, 22 anos de idade, ocorreu ontem à tarde. O sepultamento foi no Cemitério Municipal de Adamantina, às 16h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário