Páginas

Pesquisar este blog


06/10/21

‘Vai ter uma nova pandemia’, diz diretora adjunta da OMS

 


Yuri Ferreira

A diretora-adjunta da Organização Mundial da Saúde (OMS)Mariângela Simão, deu uma entrevista à “Rádio France Internationale” sobre como a instituição avalia o futuro da saúde a partir da pandemia de Covid-19. As notícias não são das melhores: segundo a médica, é “inevitável” que tenhamos uma nova epidemia global no futuro.

Mariângela Simão teve notório trabalho junto das Nações Unidas para combater a AIDS e, desde 2017, é diretora-adjunta da área de medicamentos e produtos de saúde da Organização Mundial de Saúde

A sanitarista formada pela Universidade Federal do Paraná afirmou que uma nova pandemia irá acontecer e, talvez, em breve. “Vai haver uma próxima pandemia. Isso é uma coisa que a gente já sabe e que é inevitável. É uma questão de quando vai acontecer“, disse Simão em entrevista à RFI.

Ela avaliou que a Covid-19 deve servir para uma colaboração multilateral para o combate às próximas pandemias, com uma coordenação global para reunir esforços em prol da saúde humana.

Essa pandemia, depois da gripe espanhola, foi a mais impactante e é também uma constatação: acho que o mundo precisa acordar porque a gente vê que não foram apenas os países em desenvolvimento que fora afetados. Afetou o mundo todo, ninguém estava preparado. A Assembleia Mundial de Saúde agora em novembro estará discutindo a possibilidade de desenvolver um tratado para pandemias“, afirmou Simão.

De onde virá a nova pandemia?

A pandemia de Covid-19 foi um grande choque para a humanidade. Enquanto a vacinação acelera de forma lenta para os países em desenvolvimento do planeta — segundo o Centro Africano para Controle e Prevenção de Doenças, apenas 3,5% da população dos países do continente estão completamente vacinados —, o primeiro mundo começa a enxergar uma luz no fim do túnel para a doença.

Redação Hypeness


Nenhum comentário:

Postar um comentário