Páginas

Pesquisar este blog


26/11/21

Suspeitos de assassinar homem a facadas são presos em Presidente Prudente; rixa por ex-namorada de um dos envolvidos motivou crime

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, carro e ao ar livre

Foto: Cedida
Mandados de prisões temporárias foram cumpridos nesta quinta-feira (25) pela Polícia Civil. Homens serão encaminhados para uma unidade prisional da região.
Por g1 Presidente Prudente
A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (25) dois suspeitos de envolvimento no assassinato de um rapaz de 26 anos, na Vila Rosa, em Presidente Prudente (SP). O crime ocorreu no dia 18 de novembro deste ano.
A 3ª Delegacia de Homicídios realizou uma ação policial, denominada Cerro, para cumprir os dois mandados de prisões temporárias e duas buscas e apreensões domiciliares, expedidos pela Vara do Júri da Infância e da Juventude da Comarca de Presidente Prudente.
No dia do crime, a vítima foi agredida fisicamente com faca e devido às extensões das lesões acabou morrendo.
Um inquérito policial foi instaurado e apontou o envolvimento dos dois suspeitos, que foram interrogados e indiciados pelo crime.
Conforme a Polícia Civil, um dos suspeitos confessou o crime e confirmou que se tratava de uma rixa vinculada a uma antiga namorada do outro suspeito, levando-os às agressões físicas e sequencial homicídio.
Os presos serão encaminhados para uma das unidades prisionais da região.
O crime
Um homem de 26 anos foi encontrado morto na Rua Claudionor Sandoval, na Vila Rosa, em Presidente Prudente, na madrugada do dia 18 de novembro.
O caso foi registrado na Delegacia Participava como homicídio. Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta da 0h40. No local, os policiais foram informados por testemunhas que a vítima é natural do Estado do Piauí e estaria na cidade há três meses para trabalhar na obra de construção de um hotel.
Ainda conforme o BO, a vítima morava próximo ao local em que seu corpo foi encontrado. Amigos do rapaz disseram aos policiais que ele morava em uma casa alugada com mais 17 pessoas, "não tinha problema com ninguém” e que saiu para beber sozinho por volta das 20h do dia 17 em um bar na Vila Santa Helena.
No registro policial consta que o perito que esteve no local afirmou que a vítima "sofreu aparentemente seis perfurações por objeto perfurocortante". Foram constatadas uma lesão no ombro, uma na orelha esquerda, uma na mão esquerda e três nas costas.
Pessoas que ligaram no Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) relataram que, no local, houve "muita gritaria e barulho semelhante a estampidos de arma de fogo". Porém, nenhuma característica do autor foi passada.
Foi requisitado exame necroscópico.
A equipe de plantão na Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) foi comunicada sobre o homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário