Páginas

Pesquisar este blog


23/11/21

Operação Hemera prende integrantes de grupo criminoso suspeito de aplicar ‘golpe do motoboy’ em Adamantina

Pode ser uma imagem de texto que diz "POLÍCIA CIVIL POLÍC CIVI POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL"

Foto: Polícia Civil
Investigações tiveram início com a denúncia de duas vítimas, que sofreram prejuízo de R$ 16 mil. Ações foram nesta segunda-feira (22), em São Paulo (SP).
Por g1 Presidente Prudente
Três pessoas foram presas durante a Operação Hemera, nesta segunda-feira (22). Segundo a Polícia Civil, elas são acusadas de integrar um grupo criminoso suspeito de aplicar golpes em idosos. Duas vítimas foram identificadas em Adamantina (SP) e o prejuízo é de mais de R$ 16 mil.
O cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão foi em São Paulo (SP). As investigações tiveram início em agosto deste ano. Ainda conforme a polícia, o grupo convencia os idosos a entregarem cartões bancários a um falso motoboy.
O contato era feito por telefone e os estelionatários falavam que o cartão da vítima estava com problema e que precisaria ser substituído. Para isso, um suposto funcionário do banco seria enviado até a residência da pessoa para recolher o cartão bancário.
Foram cumpridos quatro mandados de prisão e uma pessoa ainda está foragida, enquanto outras três estão presas preventivamente.
Foram apreendidos cinco aparelhos celulares, que passarão por perícia e análise técnica. A Polícia Civil suspeita de que possa haver mais vítimas em outras cidades do Estado de São Paulo.
A Operação Hemera, cujo nome faz alusão à deusa da mentira na mitologia grega, contou com o apoio do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) e da Divisão de Capturas, com a participação de 32 policiais civis em oito viaturas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário