Páginas

Pesquisar este blog


15/11/21

 

'Um lugar ao Sol': Christian revela que está vivo

GABRIELA ANTUNES

 

Cauã Reymond como Christian em cena de 'Um lugar ao Sol' (Foto: Reprodução)
Cauã Reymond como Christian em cena de 'Um lugar ao Sol' (Foto: Reprodução)

 

Nos próximos capítulos da novela "Um lugar ao Sol", Christian (Cauã Reymond) vai confessar que está vivo.

Tudo acontecerá quando ele descobrir que Romero (Tonico Pereira) está à beira da morte. Comovido, ele tomará uma decisão arriscada: irá até Goiás visitar o antigo professor. 

Ao chegar lá, ele procurará o abrigo em que cresceu e fingirá ser Renato. Ao chegar, ele diz que foi até o local em busca de informações sobre seu irmão gêmero. Avany (Inez Viana), então, acabará contando para ele sobre a relação de Christian e Romero, e o rapaz pedirá para ira até o hospital.

Lá, ele aproveitará um momento sozinho com Romero para desabafar diante do professor em coma:

— Eu quis vir até aqui, professor, porque, ao contrário do que você me ensinou, eu fiz algo muito errado... Na verdade, eu dizia, pra mim mesmo que não teve outro jeito, que não teve saída, mas... No fundo, eu fiz o que fiz porque a vida toda carreguei essa falta. Falta de pai, de mãe, de lugar no mundo, eu nem sei como chamar. Eu fiz o que fiz porque sou ambicioso também. E sou um cara fraco, entende? E o mais irônico agora é que me falta justamente quem eu era, quem eu fui, quem você me ensinou a ser. E é por isso que eu prometo. A partir de hoje eu vou tentar juntar as duas coisas: quem eu sou e quem eu era. Eu sei que pode parecer maluco, mas, não sei, é o jeito que dá pra fazer. E eu vou fazer, professor, pode estar certo: juntar o que o destino separou, o Chris e o Renato, juntos, de novo, a minha vida e a dele, misturadas. 

Christian escutará um barulho e verá Avany parada na porta do quarto:

— O que que está acontecendo? — estranhará ela.

— Nada. Eu não sei explicar. É que eu fiquei emocionado. A tal ponto, como se eu conhecesse o professor. E, sabendo do tanto que ele significou pro meu irmão, eu resolvi fazer uma promessa: lutar por quem, como ele, não teve chance, não teve oportunidade. E, nesse sentido, aproximar a minha vida da dele. Só isso — dirá ele, disfarçando. 

— Tem razão, filho. É um jeito de juntar o que, lá atrás, foi separado. 

 

SIGA A COLUNA NAS REDES

No Twitter: @PatriciaKogut

No Instagram: @colunapatriciakogut

No Facebook: PatriciaKogutOGlobo

Nenhum comentário:

Postar um comentário