Páginas

Pesquisar este blog


26/11/21

 

Caixa promove venda on-line de imóveis até 20 de dezembro. Há possibilidade de financiar 100% do valor em até 35 anos

Imóveis: há bens à venda em diferentes regiões do país
Imóveis: há bens à venda em diferentes regiões do país Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo
Karina Fernandes
Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Caixa Econômica Federal realiza, até o dia 20 de dezembro, a campanha "Venda Online de Imóveis Próprios". São milhares de imóveis, de propriedade do banco, que ficarão disponíveis para venda direta de forma virtual. A instituição oferece, ainda, condições especiais de financiamento e descontos: dependendo da forma de pagamento escolhida, é possível financiar até 100% do valor, em até 35 anos.

De acordo com a Caixa, as unidades — para usos residencial e comercial — são livres de qualquer dívida anterior ao dia da compra, como cotas de condomínio e IPTU. Os saldos devedores são todos quitados pela instituição.

Para participar da ação, é preciso acessar o site www.caixa.gov.br/imoveiscaixa, escolher o imóvel desejado e apresentar uma proposta a partir do valor mínimo de venda registrado na página do bem selecionado. A proposta de maior valor no instante em que o cronômetro chegar a zero é considerada vencedora, e o novo dono é comunicado por e-mail.

A negociação pode ser feita por intermédio de um corretor credenciado,contratado através de um Correspondente Caixa Aqui, no caso de financiamento. Nesse caso, a comissão ao profissional é paga pelo banco. A lista de corretores credenciados está disponível na página.

No país e no estado

Atualmente, a Caixa tem cerca de 10.800 imóveis disponíveis para venda no país. No Estado do Rio, são 1.367 unidades, sendo 609 casas, 545 apartamentos, 143 terrenos, 31 salas, 19 lojas, 12 comerciais, 5 glebas e 3 prédios.

Há bens de todas as faixas de valores. No Estado do Rio, o valor médio dos imóveis é de R$ 163.369,72. O mais caro chega a R$ 3,4 milhões.

Linhas disponíveis

Para concluir o negócio, o cliente pode optar pelas linhas de financiamento com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) ou do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), incluindo o Casa Verde Amarela, dependendo da renda do interessado e do valor do imóvel, com prazos de 120 a 420 meses.

No caso do financiamento com os recursos SBPE, é possível escolher entre quatro opções: correção por Taxa Referencial (TR), Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), Poupança Caixa e Taxa Fixa. Essa modalidade permite financiar até 100% do valor, com prazo de até 35 anos.

A linha ainda tem taxas a partir de 2,5% ao ano, somadas à remuneração adicional da poupança, e saldo devedor atualizado mensalmente pela TR. Nesta modalidade, o cliente também pode optar por carência de seis meses para início do pagamento da parcela de juros e amortização.

Para se enquadrar no Programa Casa Verde e Amarela com recursos do FGTS, os parâmetros são: ter renda familiar de até R$ 7 mil; buscar imóvel com valor de compra e venda de até R$ 264 mil, com taxas nominais que variam entre 4,25% a 7,66% ao ano, tarifa de 1,5% sobre o valor de financiamento e, desde o último dia 16, possibilidade de financiamento de até 100% do valor de compra e venda, limitado a 90% do valor de avaliação (exclusiva para os imóveis da Caixa).

No site www.caixa.gov.br/imoveiscaixa, é possível obter mais informações.

Para conhecer as linhas de financiamento habitacional, fazer simulações sobre a melhor opção, e obter informações sobre o comparativo de taxas, os clientes podem acessar o site https://www.caixa.gov.br/voce/habitacao/.



Preste atenção se imóvel está ocupado

Apesar do atrativo e das facilidades, o cliente deve ficar atento, pois alguns imóveis podem estar ocupados pelos donos anteriores, que não conseguiram pagar as parcelas do finaciamento e tiveram o bem retomado.

Foi o caso do morador de Ipanema Alexandre Luz, de 52 anos, que adquiriu seu apartamento em 2010.

— Comprei o imóvel por concorrência pública da Caixa Econômica e paguei 45% menos em relação ao preço de mercado. Na ocasião, eu já se sabia que haveria Copa do Mundo e Olimpíada aqui, e o valor de mercado especulativo era altíssimo. Comparado ao momento de especulação, fiz um excelente negócio. Porém, é preciso ficar atento, pois levei uns quatro meses para ter a posse de fato do apartamento, devido à resistência dos ocupantes. Para isso, tive de recorrer à Justiça. Esse é mais um gasto que precisa ser levado em consideração — diz Luz.

Quem pode participar

Podem participar do processo de venda on-line de imóveis Caixa:

• Pessoas físicas maiores de 18 anos, exceto impedimentos listados nas Regras da Venda Online

• Pessoas físicas maiores de 16 anos e menores de 18, desde que emancipados

• Representantes de pessoas jurídicas, domiciliadas ou estabelecidas em qualquer localidade do território nacional

Os interessados devem:

• Realizar ou atualizar o cadastro em qualquer agência da Caixa

• Acessar o website www.caixa.gov.br/imoveiscaixa

• Localizar o imóvel de interesse, disponível em qualquer parte do território nacional

• Efetuar o cadastramento de usuário e a configuração de senha para acesso à área segura

• Realizar o cadastramento da proposta para o imóvel de interesse

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário