Páginas

Pesquisar este blog


22/11/21

 

CAMILA PITANGA FALA SOBRE SUA BISSEXUALIDADE, QUE VIROU ALVO DE JULGAMENTOS: 'NÃO É LIÇÃO DE MORAL, É SÓ MEU MODO DE VIVER'

A atriz Camila Pitanga

Foto: Karine Basílio/ reprodução/ instagram

No início de outubro, Camila Pitanga postou a primeira foto do novo namorado, o professor de Filosofia Patrick Pessoa, de 46 anos. Era o anúncio do primeiro relacionamento da atriz após o término com a artesã Beatriz Coelho, com quem havia passado a maior parte da pandemia. No dia seguinte à postagem, ela foi alvo de críticas e, disse, de forma bem-humorada, que o B da sigla LGBTQIA+ não era de Beyoncé. Já passado um tempo do episódio, Camila reflete sobre como sua bissexualidade acabou virando motivo de julgamentos.

"Agora, mais do que nunca, fomos convocados a não abrir mão da liberdade, seja a minha, a de quem me cerca, seja a de quem pensa diferente de mim. Quando pessoas acham que têm autoridade para serem preconceituosas, sem pudor, a gente não pode recuar. Não dá para abrir espaço para o obscurantismo e o julgamento dos outros. Nada como ter a idade que tenho para entender que a minha vida ou quem eu amo não tem a ver com o outro. Não se trata de um panfleto ou lição de moral para ninguém. É só o meu modo de viver, de amar e existir. Se respeitarmos um ao outro, teremos uma vida mais interessante, mais plural", diz a atriz à "Claudia".

'Eu era uma general'

Aos 44 anos, aliás, Camila Pitanga revela se sentir mais inteira do que nunca, e ainda mais conectada com seus próprios desejos:

"Trilho uma trajetória de maturidade e envelhecimento com saúde, amor próprio e aceitação de fissuras e medos. Hoje, encaro meus passos em falso com leveza e compreensão mais amorosa do que antes; eu era uma general comigo mesma".

fonte:https://extra.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário