Páginas

Pesquisar este blog


13/11/21

 SAÚDE DA MULHER

Pesquisa: 45% das mulheres dizem sentir dor ou desconforto durante o sexo

Crédito: Pexels

Se sentir desconfortável de alguma maneira durante o sexo é normal? Muitas mulheres responderiam que sim. Dores, desconfortos, coceiras, formigamentos e outros incômodos são frequentemente ignorados e aceitos como parte do ato sexual, mas isso não deve ser normalizado. As informações são do “Metro UK”. 

Entendendo Irritações e alergias

Alguns fatores mais inofensivos — mas que ainda geram incômodos — podem ser os responsáveis por dores e desconfortos durante o sexo. Depilação com lâmina de barbear, roupa íntima em tecidos de baixa qualidade e a composição de sabonetes íntimos são alguns dos vilões em potencial da saúde vaginal. 


Além disso, sêmen, látex de preservativos e lubrificantes e alguns espermicidas podem causar alergias que atrapalham sua vida sexual. os motivos

Para entender por que tantas mulheres se submetem a situações desagradáveis durante o sexo, é preciso levar em consideração que muitas delas acreditam que isso é normal. Um estudo feito pela marca Durex com 2 mil mulheres constatou que 45% das entrevistadas lidam com desconforto na hora do sexo simplesmente por não conhecerem os limites do próprio corpo. E mais: uma em cada seis revelou aguentar o desconforto “com frequência” ou “toda vez”. 

Lindsay Forbes, gerente de bem-estar da Durex, explica que o segredo para conseguir aproveitar o ato sexual é conhecer o próprio corpo e saber o que é ou não normal para ele. “Grande parte da discussão sobre satisfação e prazer está focada no homem, e isso faz com que as mulheres se sintam menos confiantes em fazer perguntas importantes para que possam encontrar as soluções certas”, afirma.

Causas mais comuns de desconforto no sexo

Pexels

Falta de excitação sexual

Quando não estamos “no clima”, não há produção de lubrificação natural, e a penetração realizada com “pressa” pode causar grande desconforto por conta disso. Tire um tempo para realizar preliminares com calma e respeito antes de iniciar a penetração, utilizando artifícios que te agradem e estimulem.

Secura vaginal

Essa foi a causa mais citada entre todas as entrevistadas. A falta de lubrificação pode ser causada por fatores como o ciclo menstrual, mudanças hormonais como menopausa ou anticoncepcionais e falta de excitação sexual. Felizmente, o lubrificante íntimo é uma solução simples para este problema. 

Saúde vaginal comprometida

Infecções como a candidíase ou ISTs como clamídia, sífilis, herpes e gonorreia causam dores e coceiras durante o sexo. Além disso, manter relações sexuais enquanto sua saúde vaginal está comprometida pode ser extremamente perigoso para o(a) parceiro(a). Caso haja suspeita de infecções ou inflamações, consulte um ginecologista para tratamento.

Irritações e alergias

Alguns fatores mais inofensivos — mas que ainda geram incômodos — podem ser os responsáveis por dores e desconfortos durante o sexo. Depilação com lâmina de barbear, roupa íntima em tecidos de baixa qualidade e a composição de sabonetes íntimos são alguns dos vilões em potencial da saúde vaginal. 

Além disso, sêmen, látex de preservativos e lubrificantes e alguns espermicidas podem causar alergias que atrapalham sua vida sexual. 

Condições crônicas

Apesar de menos recorrentes, as condições crônicas para o desconforto no sexo também existem e devem ser discutidas. Dentre elas estão o vaginismo, a endometriose, a doença inflamatória pélvica, os miomas e a síndrome do intestino irritável. Se você já eliminou todas as opções acima e mesmo assim continua vivenciando situações incômodas em suas relações sexuais, consulte um ginecologista e converse sobre seu diagnóstico e as melhores opções de tratamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário